A Família, por mim

1. Coloque, em ordem decrescente de importância pra você, os itens a seguir: casamento, filhos, trabalho, Deus, familiares (família que te gerou), amigos.
Deus, casamento, filho, familiares, amigos, trabalho
2. Você costuma orar junto com sua família?
Às vezes, sim, mas não todos os dias como deveria. Mateus quando vai deitar na sua cama comanda a oração.

3. Qual é a melhor maneira, na sua opinião, de resolver um conflito de ideias entre o casal?
Ouvir, em primeiro lugar, pedir a Deus discernimento e dialogar sempre.

4. Como você e seu cônjuge têm demonstrado afeto um com o outro?
Com palavras e gestos de carinho, diálogo e respeito acima de tudo.

5. Qual a sua maior preocupação em relação à educação dos filhos?
Minha preocupação é com as "modernidades", as inversões de valores que vêm bombardeando os jovens, e também com as más companhias. Meu maior desejo é que ele seja um servo de Deus, honesto e batalhador.

6. Ter uma família estruturada na sociedade de hoje é importante? por quê?
Sim, porque faz muita falta o apoio de pessoas realmente importantes nos momentos de dificuldade. Sim, há pessoas que não tem família e podem contar com amigos, mas tenho certeza que se pudessem escolher, teriam uma família estruturada.

7. Que valores você pensa que foram perdidos nas famílias com o passar do tempo?
O respeito, o carinho, a preocupação um com o outro.

8. O que você tem feito para edificar o seu lar?
Tenho feito pouco, a meu ver. Mas tento ouvir e calar quando necessário, e orar sempre.


9. Do que você sente falta hoje em dia em relação à sua família?
Gostaria de ter um tempo maior e de qualidade com minha família.

10. O que tem mais contribuído para a destruição das famílias na sociedade de hoje?
A inversão de valores, o "vale tudo" em nome da defesa da diversidade. Quem tem um pensamento conservador e quer se manter fiel à doutrina é visto como preconceituoso e antiquado. Concordo que ninguém pode ser julgado pelas suas preferências e modo de viver, mas também não pode me obrigar a concordar e ser igual.

Bem, aí estão minhas respostas às minhas próprias perguntas de mim mesma rs. Todos os leitores estão livres para responderem, aqui nos comentários ou nos seus blogs, basta me avisar que eu linko aqui.

Beijos, e que Deus abençoe sua família!

Comentários

Mamãe Aline disse…
Oi Aline, estou precisando de sua ajuda. Preciso que você me esclareça algumas coisas. Coisas pessoais minha...
Não conseguir achar seu e-mail. Por favor me manda.
Beijos
alineamoreira@hotmail.com
Mayara disse…
Tem postagem nova, dá uma passadinha ! http://rosasnajanela.blogspot.com/2010/08/pra-voce-guardei-o-amor-final.html

beijos ;*

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.