Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Domingão!

Imagem
Passando aqui pra contar algumas novidades: Minha irmã Daniela vai ter uma MENINAAAA que vai se chamar Maitê. Como disse a Carla, toda trabalhada no rosa e no glitter. Estou louca pra comprar um body de sainha pra ela, foi a primeira coisa que eu pensei em comprar quando soube. Pra ilustrar, vou postar umas ideias de roupas de bebê menina: e, apesar do que eu disse, há vida feminina fora do rosa!


Hoje estamos pretendendo montar a árvore de Natal, e o Mateus já está fazendo sua parte: recolhendo todos os brinquedos espalhados, é o espírito natalino kkk. A realidade: amanhã recomeça a obra, e a poeira voltará a tomar conta de nós com todas as forças. Todo o esforço que fizemos ontem pra tirar o cascão que cobria esse lar irá por água abaixo. E existe coisa melhor do que obra em casa? Existe. Pedreiros hospedados em casa. Ô, tudo de bom (#not). Bom, agora é respirar fundo (mas tampando o nariz com um paninho pra não aspirar cimento) e encarar, porque depois desta obra no terraço vou cons…

Eu, acompanhante de maternidade?

Oi, gente! Então, né, imaginem que eu estou rodeada de grávidas por todos os lados. Uma delas era a minha comadre Lorena, que foi pro hospital sexta à noite pra ganhar meu afilhado João Miguel. Eu não tinha notícias dela desde o início daquela semana, então liguei pra mãe dela no sábado pra saber. E qual não foi minha surpresa quando ela disse que Lorena estava no hospital, e já devia estar fazendo a cesárea (isso por volta de umas 16h). Fiquei ansiosa, não consegui ligar pro marido dela, não sabia o que fazer. E como eu faço a hora, não espero acontecer, falei pro meu: "Vou pegar o 942 e vou pro hospital". Tomei banho, me despedi, deixei Mateus chorando e fui.

Chegando lá, encontrei o Léo, meu compadre e já fui dando os parabéns (fail, depois é que fui perguntar se já havia nascido, putz). Ele disse que ela havia subido e se preparava para a cesárea, mas uma grávida hipertensa havia passado a frente. Mais um pouco de espera, e soubemos que uma mãe de gêmeos também havia pas…

Estudando

Na verdade, não estou estudando, estou postando no blog, dããã... mas dei uma pausa para vir aqui postar.

Estou estudando para a entrevista de segunda, estou ansiosa porque quero passar. Pode parecer óbvio dizer que quero passar, mas é que umas coisas andaram permeando minha mente no meio disso tudo, e houve um tempo que sabe, tudo bem se eu não passasse. Eu andei querendo engravidar, e só não retomei o tratamento ainda porque não tinha money. E eis que minhas duas irmãs engravidam juntas. Pirei, confesso, gente. Porque né? Eu queria tanto... e por que todas conseguem menos eu?

Fiz a prova escrita e fui assaltada antes disso. Fiz a prova daquele jeito, imaginei que não ia conseguir passar, até porque só tem uma vaga pra orientadora que escolhi. E pus na cabeça que se não passasse ia começar o tratamento para engravidar imediatamente (como se isso dependesse de mim). E eis que... eu passei na prova escrita, e só mais dois dos que escolheram a mesma orientadora passaram. Vi diante de mim…

Cabelos crespos - looks que eu gostei.

Imagem
Agora que eu me joguei na ideia dos cabelos in natura, tenho pesquisado muito sobre looks e cuidados com as madeixas tonhonhóins. Eu não gosto dos cabelos volumosos exagerados, nem estilo black power. Não me sinto à vontade. Então resolvi pesquisar na net e encontrei esses visuais bonitos e cheios de charme. Servem como inspiração e paciência para esperar minhas molinhas crescerem, né... Vejam só!
Imagens pesquisadas no Google images. Amei todos eles, e isso só me incentiva a cuidar muuuuuito bem do meu cabelinho pra ele voltar a crescer saudável. Agora, curtinho, está uma delícia, nada de ressecamento. Espero continuar com a mesma paciência e dedicação.

Beijocas a todos, boa noite que vou me jogar no estudo pra entrevista do mestrado. Será segunda-feira à tarde, torçam por mim!

Enfeites de Natal artesanais

Imagem
Oi, gente!


Estou pesquisando algumas coisas na net para eu aplicar aqui em casa. Quero dar um up na minha árvore, e por que não optar por fazer em casa? Ainda não comecei, mas vim postar algumas inspirações aqui no blog, e quando eu fizer alguma coisa posto a foto aqui pra vocês. Olha quanta coisa linda:




Fonte e tutorial aqui
Fonte e tutorial aqui: 

Fonte aqui

Fonte aqui
Fonte aqui


Fonte e tutorial aqui

Fonte e tutorial aqui

Fonte e tutorial aqui
Inspiração é o que não falta, não é, galera? Mãos à obra! Beijos e boa tarde.

Cabelos curtos. Não sei se gostei!

Imagem
Eu não gosto de me expor no blog, mas hoje quis vir mostrar meu novo cabelo. Acontece que, desde antes de eu criar o blog, eu me aventurei em mil químicas pra deixar meu cabelo liso. Algumas vezes ficou show, mas é difícil manter. Até que da última vez, aloprei e coloquei formol e tioglicolato juntos. Muito bom acordar com os cabelos lisos, esquecer de pentear os cabelos, estar sempre pronta. Só que o cabelo cresce, e tem que continuar fazendo. Em primeiro lugar, meus cabelos quebraram demaaaais. Em segundo lugar, pretendo engravidar de novo, um dia, e não queria ficar com aquele cabelo embolado na raiz e liso do meio pra baixo. É ridículo.

Então faz um bom tempo que eu não aliso mais os cabelos. Se eu não me engano, foi em novembro, pro casamento de uma amiga, fiz até esse post aqui, com o make. E desde então, não pus mais uma gota de química nos cabelos.

Em abril, eu resolvi começar a cortá-lo pra tirar a química. Cortei nos ombros, mas as pontas lisas persistiam, pois a química ai…

Muito tia e fim do facebook

Imagem
Dois assuntos totalmente diferentes no mesmo post. Não é preguiça de postar, é que eu quero falar tudo agora, senão vou desanimar de novo. E vou começar pelo facebook.
Eu criei meu facebook acho que no início desse ano, mais por causa dos amigos, porque já tinha tentado antes, não tinha gostado, mas a minha irmã dizia que era muito melhor do que o orkut e tal, então entrei. E dali não saí mais. Realmente é interessante, saber o que as pessoas estão fazendo o tempo todo, e desabafar um pouco quando me sentia só. Esse ano me senti só muitas vezes, durante o trabalho, e o facebook era como se fosse uma pessoa. Ou várias pessoas numa só.
Lá pra sei lá, julho ou agosto, eu coloquei internet no celular, aí ferrou de vez. Eu acessava o facebook de 2 em 2 minutos, reclamava das pessoas, curtia, comentava, muitas vezes só olhava... e daí foram meses e meses. Um roubo de celular no meio disso, e eu parei um pouco de acessar na rua ou no ônibus. Mas mesmo assim era muito.
Sentia que aquilo era …