Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

"O sol nascerá... as cortinas irão se fechar... folhas secas virão e o show vai continuar

Imagem
Meu coração é verde-e-rosa. Descendo o morro, eu vou. O samba: alegria do povo. Chegou a Mangueira, chegou!"
Oi!
Olha, nunca escrevi um título tão grande... é um trecho do samba da Mangueira, cujo desfile assisti na última segunda-feira, ou melhor, terça de madrugada. Foi uma das coisas mais exuberantes que eu vi, nunca pensei que fosse tão bom. Eu achava que ia querer ir embora, que ia ficar desmaiando de sono, que ia querer ir ao banheiro... que nada, depois que acabou fiquei sentindo como se tivesse acabado de chegar, dancei, cantei... ainda mais que eu não tenho assim uma escola "de coração", eu gosto de ver, e torço pra que achei mais bonita.

Do desfile de segunda, amei a Mocidade, a Portela e a Mangueira. As outras três foram Porto da Pedra, Grande Rio e Vila Isabel. E descobri que não entendo nada de carnaval mesmo, porque o desfile que eu achei mais horroroso ganhou o quarto lugar, e o que eu achei mais lindo ficou em sexto. E a Portela, que empolgou também ficou l…

Não acredito que cresci!!! [parte two]

Tem horas que simplesmente quero deitar no chão e chorar como criança, dizendo que chega, que não brinco mais disso. E depois vem minha mãe e meu pai, me pegam pela mão e me levam para um lugar seguro. Pronto, não tenho mais que lidar com cheque especial, doença de filho, aluno que não aprende, professor ameaçado por aluno. Há alguém adulto o suficiente para resolver estas coisas por mim. E eu entro no meu quarto, ligo o ar condicionado e vou ouvir meu celular com mp3. Ah, como seria bom ter isso de vez em quando!
E, pensando bem, bem que a gente conhece gente que resolve não querer mais ser adulto e fugir das consequências dos seus atos. Mas não é essa exatamente a vida que eu quero. Se eu recorro a algum “adulto” para resolver meus problemas sempre, eu tenho que me submeter a ele, e toda a liberdade que eu levei tantos anos para conquistar? Se tem uma coisa da qual não gostava quando eu era criança era ter que dar satisfação de tudo, pedir pra fazer qualquer coisa.
Bem, vou ficar et…