Uma palavra aos casados

Assista ao acampamento para casais na TV Canção Nova, se você tem acesso, ou pelo site da Canção Nova.

Certas coisas que mulheres e homens casados dizem e fazem sem sentir, e que não ajudam em nada no matrimônio:

"Não é nada não." Amiga, se você tá com algum problema, fala. Se quer que ele saiba, fale com todas as letras, e desenhe, se for preciso. Nada pro homem quer dizer nada. Se você disse que não é nada, ele vai pensar que não é nada mesmo!

"Não pode ser nada. Alguma coisa você tem." É o complemento do item anterior. Se ele disse que não tem nada, que está só cansado, acredite. Homem não costuma fazer joguinho de palavras. Eles são bem mais simples (por isso que eu gosto de homem rsrs)

Fazer queixas na frente de familiares. Isso é terrível, porque a outra pessoa se sente constrangida e humilhada, com o olhar de reprovação de terceiros. Roupa suja se lava em casa, é um ditado mega antigo, e muito verdadeiro.

A flecha atirada e a palavra proferida não tem volta. É um provérbio que eu acabei de ouvir no acampamento, e que é muito verdadeiro. Cuidado com o que você fala. Tem gente que só tem palavra negativa e de resmungação pra dizer.

Gritar. Aqui em casa é tolerância zero para gritos entre nós. Se eu levantar um tom, o marido já diz: "Ei, tá gritando por quê?" A falta de respeito começa aí. Nenhum casal se mata ou se agride sem nunca ter gritado um com o outro. Abram seus olhos, meus queridos. Seu marido não é seu animal de estimação. Sua mulher não é uma prostituta, não é um cachorro. É um ser humano como você e tão digno quanto você. É a pessoa que você escolheu para viver eternamente.

Não ouvir ou fingir que não está ouvindo. Homem tem mania de fazer isso, pensando que está evitando conflito. Isso faz com que a mulher vá dizendo mais, e pior, e gritando, e transborda, explodindo em palavras mal ditas e destruindo a relação. A indiferença muitas vezes fere mais do que palavras agressivas.

Há outras coisas que eu gostaria de escrever, mas me fogem as palavras agora. Eu tenho somente nove anos de casada, mas tenho uma coisa especial. Nós não somos dois, somos três. Jesus, Alan e Aline. E isso faz toda a diferença. Vou voltar depois para continuar esse assunto. Não deixem de assistir ao acampamento, pelo menos uma palestra. Vai ser bom pra vocês!

Outra dica: Assistam esse filme, a dois. Você não vai se arrepender!

Comentários

Mamãe Aline disse…
Adorei as dicas e ja assisti ao filme, so que sozinha...
Vc não disse os horários do acampamento.
beijos
Elaine disse…
Lá assistí esse filme e realmente é uma lição de vida à dois. Ótima indicação.
Lindas palavras... vou mostrar ao moaridão. Orarei pelo theozinho.
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.