De folga. Obrigada, seleção!!!


Eu confesso: estive torcendo pro Brasil mais pra ter jogos em dia de aula do que outra coisa. Sim, eu sou uma brasileira herege, que não está nem aí pra seleção, e quer mais é fugir do trabalho. Sei que a cada dia que não trabalho o trabalho do outro dia dobra, mas e daí? quero estar em casa, curtindo minha família e dormindo até mais tarde - tá certo que são só mais 30 ou 40 minutos, já que Mateus insiste em acordar cedo... aaaahhh, bocejos... - e com toda a tranquilidade do lar.

Por falar em filho, mãe, filho da mãe e essas coisas, olha que bonita a campanha sobre valorização da maternidade que eu vi: Você não é incompetente, você é mãe. Tirei do blog Mães Mothernas, que eu sigo e tem na lista de blogs aí do seu lado esquerdo. Amay.

Bem, continuo sonhando em vadiar na net e ganhar pra isso ser blogueira profissional, outro dia estava conversando sobre isso com minha irmã, que é uma empreendedora nata, tudo o que ela põe a mão pra fazer arrasa (vide bombons do niver do Mateus, aqui), e tínhamos várias ideias maravilhosas pra sair da merda incrementar a renda. Então, ouço a voz da minha mãe lá do fundo: "Não acorda cedo não, pra trabalhar. Não vai encarar os aluninhos todo santo dia não pra ver se você vai ganhar alguma coisa." Ô, mãe, não seja cruel! hahahahahahaha Deixa a gente continuar sonhando nas horas vagas, porque por enquanto, continuo tendo que acordar cedo e dar minhas aulinhas, e minha irmã revestindo sua casa de chocolate pra ganhar a vida... mas quem sabe um dia? rsrrs

Então, amigos é isso. Estou de folga hoje, e vamos torcer pra terça-feira que vem eu estar de novo. Fiquem com Deus e, pra frente, Brasil!!!(como o Brasil pode ir pra frente com trabalhadores preguiçosos como eu?) Editado: Oh, céus, fui castigada pela minha heresia! Desculpa, Brasil...

Ah, esqueci de uma coisa...


..


Roberta, eu sei que você está aqui, então comenta, tá?


Beijos...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.