Você não odeia lavar louça?

Sabem, eu odeio tanto lavar a louça que gasto tempo pensando em como tornar essa tarefa menos penosa. E penso, penso tanto que quando tenho alguma ideia nova até me entusiasmo em fazer essa tarefa que tanto odeio. Maluquice, né, eu sei... mas então, ontem eu me vi colocando o cronômetro do celular pra rodar pra contar em quanto tempo faço a tarefa: 15 min 35 seg. Posso melhorar essa marca, eu sei disso.

Por que estou falando em lavar louça? ah, sei lá, porque sim... deve ser porque essa era a minha tarefa quando eu era adolescente e minha mãe trabalhava fora. Então, estudávamos de manhã, e tínhamos que fazer os serviços de casa, e um deles era lavar a louça. E Daniela fazia a janta. Bem, a janta começava a ser feita às 18 horas para que estivesse pronta quando minha mãe chegasse. E eu enrolava, dormia a tarde toda e só ia me dedicar à minha árdua tarefa lá pelas 17. E era aquela loucura, porque eu nunca levava menos de uma hora para fazer aquela droga. Isso mesmo, por mais que eu tentasse era sempre daí pra cima. Daniela gritando no meu ouvido e eu tentando ser rápida.

Pior ainda era lavar louça com minha mãe por perto. Porque eu sou era uma lesada, fazia tudo errado e minha mãe estava sempre lá pra me lembrar isso. E quanto mais ela tentava me fazer consertar mais eu fazia errado. Lembro-me que minha última surra foi por causa disso: eu estava lavando a panela com um pedaço pequeno demais de bombril, e minha mãe brigava comigo por causa disso. Então ela pegou um pedaço maior e me deu. Eu, com ódio, dei um puxão da mão dela. Sabe aquelas cenas em que o Cris sabe que a mãe dele vai matá-lo? Então, eu devo ter me sentido assim. Minha mãe foi me encaçapando até a área (sorte que o apartamento era bem pequeno) e eu fiquei encolhida perto do tanque, apanhando.

Coitada da minha mãe, não culpo ela. Ela sempre foi mega ativa, trabalhava e tinha que dar conta de tudo, sempre teve iniciativa, sabe fazer de tudo um pouco. Acho que ela esperava que eu fosse igual. Mas eu era só uma menininha lerda, que caía à toa, vomitava quando sentia medo, não tinha a menor habilidade com serviços domésticos. E vamos ser sinceros, muuuito da preguiçosa. Acho que ainda sou um pouco disso tudo, por isso às vezes fico com raiva de mim mesma. Queria ser mais ativa. Bem, chega de reclamações, não?

Então, eu já tentei tirar todo o resto de comida e organizar a louça antes de lavar. Demora muito. Já tentei deixar a louça de molho com a pia tampada. Pouco eficaz, dá trabalho à toa. Tem duas coisas que funcionam muito: Sabe quando você precisa fazer comida e tem aquela montanha de louça pra escalar? é foda... então eu faço assim (vamos pensar num cardápio arroz, feijão - já cozido, carne com legumes): lavo os copos(lavar os copos sempre primeiro, para deixar menos gordura cair neles), escolho e refogo o arroz. Lavo os pratos, corto e refogo a carne. Lavo as vasilhas plásticas e os utensílios (concha, escumadeira), descasco e corto os legumes, e os ponho para cozinhar com a carne. Lavo os talheres, tempero o feijão. Nisso eu já lavei várias panelas, para cozinhar, e vão sobrar algumas ainda na pia. Nesse ponto o almoço já está todo encaminhado, e você pode encarar aquelas malditas panelas sujas.

Outra coisa que funciona é respirar fundo (isso pra quando você não tem que fazer comida imediatamente) e ensaboar tudo de uma vez (bom é uma pia grande, mas uma baciona pode ajudar muito). Tudo, tudo mesmo. Mas aí vc tem que ser rápida, porque se deixar muito tempo ensaboado pode grudar a gordura e ter que lavar de novo. Foi nessa modalidade que cronometrei ontem. Preciso melhorar minha marca.

Ontem eu estava mais uma vez furiosa comigo mesma (me descontrolei porque Mateus não queria comer), e resolvi lavar a louça. Deixei tudo limpinho e hoje estou praticando o programa Louça Zero. Bem, até agora está funcionando, a pia está vazia. Gostaria de continuar assim.

Bem, é isso. Boa pia de louça para vocês!

Beijos

Comentários

Caraca, Você é muuuuuuuiiiiito sem vergonha, Aline como você tem coragem de confessar essas coisas. Rsss
Vou criar um blog chamado
A RESPOSTA DE DANIELA.

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.