Por que namorados viram colegas de trabalho?



Olá, gente...
Depois de tanto tempo resolvi voltar a postar com uma pergunta que tem me incomodado bastante nesses últimos dias. Por que aquele encanto de namoro, com ligações longuíssimas, frases melosas, presentes e bilhetinhos se transforma em uma relação burocrática, como em um escritório?

Explico: Não estou em crise no meu casamento, graças a Deus, mas estava comparando minha relação com a época do namoro. Continuo amando Alan da mesma forma, mas o jeito de nos comunicarmos muda muito. Me dei conta disso numa conversa com um amigo. Ele me falava da promoção de uma operadora de celular, na qual você paga somente o primeiro minuto da conversa. Ele achou fabuloso poder conversar horas e pagar só um minuto. E eu achei terrível, porque toda vez que ligasse teria que pagar um minuto. Então me dei conta de que não falo horas com meu amor, e sim várias vezes que não dura nenhum minuto.

Entendem? Antes, nos víamos somente no fim de semana (isso era péssimo). Então tínhamos aquelas conversas meloooosas... tipo:

-Tá pensando em que, amor...?
-Em você, é claro...
-Sabe, acho que vou explodir de tanto amor...
-E eu cada dia te amo mais...
-Eu que te amo mais...
-Nada disso, sou eu...


...


(25 minutos depois...)


...


-Desliga você!
-Ah, não, hoje é a sua vez!
-Mas eu já desliguei ontem!
-Hihihihi... Te amo!
-Eu te amo toda hora!


...

E hoje, a conversa de casados é tipo assim:

-Oi, amor, bom dia!
-Bom dia!
-Tudo bem?
-Tudo.
-Vai na fono hoje?
-Não, tenho que ir ao Centro.
-Não esquece de comprar fraldas.
-Pede na farmácia porque eu não vou ter tempo.
...
(20 segundos de ligação...)
-Tá bom, beijo.
-Beijo, mas não desliga, deixa que eu desligo quando completar um minuto, senão eu não ganho bônus.
-Tá. Tchau.

Ontem conversei isso com ele, e rimos um bocado. Nossa casa virou um escritório, cheio de serviços a fazer. Aí você me pergunta: E o sexo? Isso não difere da relação de trabalho?

Bem, não vou aqui entrar em méritos íntimos meus. Mas minha vida sexual vai bem, obrigada. E você pergunta se colegas de trabalho não transam. Antes, deixa eu dizer: Eu não transo com nenhum amigo de trabalho. Não, nenhum preconceito, mas é que já tenho meu marido, e isso me basta. Mas você pode afirmar com certeza que no seu ambiente de trabalho os colegas não transam??? mesmo? Parabéns, pois eu não.

Tá aí uma coisa pra vocês pensarem. No que sua relação se transformou???

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.