Deus, não me deixeis cair em depressão


Olha se não é um bando de retardados, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk foto da internet...

É, minha gente, acho que estou caindo. Bem, é claro que junta um pouco de TPDPM (tensão pré-durante-pós menstrual) e gripe, mas andei fazendo uma revisão do meu estado emocional nos últimos tempos e... sei não. Ontem conversava no msn com uma amiga (também em tpm), e me vi reclamando da vida como uma velha. Depois, mais tarde, tive uma enxaqueca dos infernos, tive que pedir Alan pra voltar da faculdade, porque Mateus estava meio enjoadinho, ou melhor, normal, querendo atenção e eu estava o caco. Tomei coristina achando que era só resfriado, mas a dor de cabeça piorou então tomei cefalium (prazer, meu nome é automedicação)

Eis que acordei hoje de manhã sem dor de cabeça, mas arreadona de gripe. Pensei: "hoje tem visita de supervisão na escola, não posso faltar". Fui tomar banho e desandei chorar. Os pensamentos desconexos, a vontade de sumir. Já vi esse filme antes. Eu não sei mais dar aula. Eu sou incapaz. Eu sou incompetente. Eu não quero mai trabalhar. A gente não vê saída, não vê chance de melhora. Mesmo assim fui me arrumando, mas a mardita da gripe não deixava meu corpo andar. Liguei pra diretora e avisei que estou arreada de gripe e que não iria trabalhar. Aí sentei aqui para vagar pelo mundo virtual.

Fiz o teste de depressão, sabe como é isso? dá aquela moleza, desânimo, então eu imagino alguma situação na qual não precisaria ir trabalhar. Tipo: não tem luz, ou água, ou o bandido mandou fechar a escola. Se eu ficar feliz com a idéia é só preguiça. Se nem assim ficar animada, alerta ligado. Ontem falei com minha amiga Dan que nem eu estou aguentando minha chatice. Perguntei o que será que me satisfaria. A gente costuma brincar que o dia perfeito seria num motel sozinha. Pensa bem: hidromassagem, piscina aquecida, comida gostosa, ar condicionado (sem acréscimo de tarifa), televisão, música e sossego. Cara, eu me imaginei dentro da hidro, com um laptop na beira, navegando na internet e mesmo assim não me imaginei feliz!!! é, o negócio tá feio.

Acho que estou passando por muito estresse, a obra da casa nova, o trabalho... aqui no Rio é a sensação de incompetência diante das dificuldades de alfabetização que só pioram. Em Caxias, ai, tanta coisa que não vale a pena comentar, pois envolve adultos. E olha que estou com carga horária reduzida. Ou seja, não é cansaço físico, mas sim emocional e mental. Fico querendo pensar o que eu queria... férias com a família? viajar com meu marido e filho para uma praia? sim, seria perfeito, mas eu não consigo me ver feliz nesse momento. Acho que estou com depressão. Vou orar a Deus para me tirar desse abismo, e vou marcar um neuro. Sou bela demais para me deprimir. E meu Deus é maior. Beijo. Fui.

Comentários

Samuel disse…
Olá, eu tomo cefalium e fico depressivo, não sei se é seu caso, mas vale a pena pensar nisso.

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.