Pausa...


Olha, gente, pausa tudo.

Pausa a operação chega de bagunça: tive uma recaída de bagunceira, a pia tem acumulado pilhas horríveis de louça... mas foi só uma pausa. Vou retomar meu comportamento adulto e organizado.

Tenho me sentido muito desanimada, muito apática, e isso me faz enfeiar. E eu não gosto de ficar feia. Mais de uma semana sem escova no cabelo, ontem fui trabalhar com um jeans surrado (tá, meu amado resolveu lavar todas as calças jeans de uma vez, e minha basicona preta está sem botão), uma blusa gola polo, um casacão imenso (o único, órfão de pai e mãe) e um tenisinho branco. Na metade da manhã amarrei meu cabelo com um elástico de dinheiro, e o raio da calça não parava de escorregar pra baixo da banha, mostrando minha bóia. O dia esquentou e tive que ficar sem casaco. Dava dois passos, puxava a calça pra cima, a blusa pra baixo... isso não é vida.

Hoje fui (pra outra escola) com o mesmo jeans surrado e uma blusa mais bonitinha. Minha amiga: Cadê o salto? ah, o salto acompanha os cabelos lisos, né? Ai, minha imagem...

Estou TEMPORARIAMENTE cansada, desolada, arrasada, apática... na minha vida profissional. Cheguei a questionar minha carreira... mas se eu não for educadora vou ser o que? não consigo me imaginar em outra carreira. Não mesmo. Mas não tenho tido a menor vontade de trabalhar, tenho acreditado cada vez menos na humanidade... tenho aceitado a educação com cada vez menos poderes. Sei que isso não está certo, por isso estou considerando isso como uma pausa. Logo estou pretendendo despausar e retomar minha vida up e fashion!

Tenho pedido muito a unção do Espírito Santo, para que eu possa servi-Lo como deve ser. Eu não estou nesse mundo a passeio, mas tenho uma missão. Sou educadora. Dos homens e da fé. Não posso esmorecer, não vou!!!

Aperta o Play aí pra mim, por favor!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vamos lá...

Reforma, gripe e fim de ano.